Clarear os dentes é um procedimento estético bastante procurado por quem deseja valorizar o sorriso. De fato, cuidados fazem parte de uma boa apresentação pessoal e podem fazer toda a diferença. Atualmente, existem diversos tipos de clareamentos dentais no mercado e um deles é o chamado clareamento caseiro.

No post de hoje, você poderá entender como o clareamento dental caseiro funciona, os cuidados durante o processo e quais são os possíveis efeitos que o clareamento pode causar nos dentes ao longo do tratamento. Continue acompanhando!

Como funciona o clareamento caseiro

O paciente que deseja fazer o clareamento dental deve procurar um dentista para que ele avalie qual o melhor método. Se o procedimento caseiro for o indicado, a primeira atitude é moldar os dentes para que uma placa seja fabricada. Chamada moldeira, ela serve para que o produto seja aplicado exatamente nos dentes do paciente, de acordo com a formação de sua arcada dentária.

O produto recomendado pelo dentista é levado pelo paciente para casa e então começa o processo de clareamento. É preciso aplicar o produto na moldeira e colocá-la nos dentes, deixando o produto agir pelo tempo indicado pelo dentista. A quantidade de dias que o produto deve ser aplicado será avaliada pelo profissional, que irá analisar possíveis manchas e o tom correto para que não haja um resultado exagerado.

Cuidados durante o processo

Durante todo o tratamento, é preciso evitar ingerir alimentos e bebidas que possam pigmentar os dentes, como molho de tomate, ketchup, refrigerantes com corantes, café e chás. Os dentes nessa fase ficam mais sensíveis e o resultado do clareamento pode não ser satisfatório se houver a ingestão de comidas ou bebidas pigmentadas.

Pode haver sensibilidade não é possível detectar o nível de sensibilidade que o paciente irá sentir durante o processo de clareamento dental. Algumas pessoas alegam sentir apenas pouca sensibilidade ao ingerir alimentos quentes ou gelados, enquanto outras alegam uma grande dor em determinados dentes. Essa sensação tende a desaparecer após o tratamento e já é esperada pelos profissionais.

Como é feita a manutenção

Alguns grupos de pessoas podem necessitar de retoques após o clareamento, como fumantes e pessoas que ingerem café, refrigerantes com corantes ou chás demasiadamente. Em média, essas pessoas precisam realizar o retoque, que também é feito em casa, de 6 em 6 meses. Já os que estão fora desse grupo podem ou não precisar de retoques. Para isso, deve-se aguardar a avaliação do dentista.

Cuidado: o clareamento deve ser acompanhado por um profissional

Pelo fato de haver diversos tipos de clareamento no mercado, o dentista é o único profissional que pode avaliar com certeza o caso de cada paciente e a quantidade de produto que será aplicada em seus dentes. É muito importante o acompanhamento do dentista durante todo o tratamento para que a saúde bucal seja mantida e o tratamento traga os resultados esperados.

Tomando os cuidados necessários e realizando o procedimento com o acompanhamento de um dentista, você poderá perceber que o clareamento dental caseiro funciona e que o tratamento promete ajudar muito na melhora da estética bucal, trazendo mais conforto ao sorrir e autoestima. O clareamento caseiro é uma forma prática e mais em conta de se obter dentes mais brancos.

Caso queira ajuda para o seu clareamento dental em Goiânia acesse.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *