É natural que, com o passar do tempo, nossos dentes tendem a escurecer e ficar amarelados, porém (em alguns casos) isso acaba prejudicando a aparência. Além disso, existem aqueles que acabam ficando com os dentes manchados após anos de tratamento com o uso de aparelhos dentários. Por isso, cada vez mais pessoas têm procurado métodos eficazes e (na maioria das vezes) baratos para o clareamento dental.

Existem dois métodos em constante contraste: Clareamento dental caseiro e clareamento dental a laser. Entretanto, há uma série de questões que devem ser avaliadas e consultadas com seu dentista antes de escolher o melhor procedimento, por exemplo:

  • Como funciona o clareamento dental caseiro e o clareamento dental a laser ?
  • Em quais casos o clareamento dental é indicado e em quais não é ?
  • Quais são as vantagens e as desvantagens de ambos os clareamentos ?
  • Quais são os benefícios e os riscos ?

Mesmo no procedimento caseiro é imprescindível o acompanhamento de um dentista. Nesse método devem-se utilizar moldes de silicone no formato dos dentes, preenchê-los com o gel que contém a substância clareadora indicada pelo dentista – durante o período recomendado. Com a devida orientação, é um método seguro e eficaz, porém os resultados demoram um pouco mais a aparecer.

Já o clareamento a laser deve ser feito estritamente em consultório odontológico – onde o dentista utilizará um gel com maior concentração da substância clareadora e potencializará seu efeito através de uma fonte de luz (LED ou Laser). Nesse caso, os efeitos são mais imediatos, sendo necessárias poucas sessões para o resultado efetivo.

Tenha sempre em mente que os resultados podem ser diferentes de pessoa para pessoa, por isso somente o dentista poderá orientá-lo sobre qual a melhor forma de clarear seus dentes, sem que haja quaisquer danos à saúde de sua boca.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *