Fazer uma mudança é um processo extremamente delicado e trabalhoso. Muitas pessoas têm horror só de ouvir falar sobre isso, pois têm péssimas memórias quanto aos preços, problemas com quebras e perdas de objetos, além de demora na entrega e outros fatores incômodos. Porém, você pode tomar algumas medidas para facilitar a mudança e reduzir consideravelmente os problemas que poderia ter ao realizá-la. O melhor disso é que algumas atitudes são tão simples e óbvias que você se perguntará como não havia pensado nisso antes. Quer descobrir quais são elas? Confira no texto a seguir.

Comece tendo organização

Organize o tempo: comece a separar e empacotar com o máximo de antecedência que puder. Se conseguir fazer isso um mês antes do dia marcado, excelente! Inicie com aquelas coisas que você não costuma usar sempre, pois farão pouca ou nenhuma falta depois de devidamente guardadas. Casacos, livros antigos, CDs e outros artigos que você tranquilamente poderá abrir mão por aquele período. Itens mais essenciais como roupas do dia a dia e objetos de higiene pessoal podem ser deixados para a última hora, mas o que não for indispensável, empacote!

Livre-se de todo mal

Uma boa maneira de economizar tempo, tanto para começar quanto para finalizar a mudança, é se livrando do que não lhe é mais útil. Doe, recicle ou simplesmente jogue fora: exclua tudo aquilo que não quer mais. Um bom começo são roupas que você está há anos sem usar e que ocupam grande espaço no armário: enquanto ela junta poeira, pessoas lá fora poderiam se beneficiar ao recebê-las. Pense nisso!

Limpe a geladeira, o freezer e a despensa

Além de fazer volume, alimentos dão muito trabalho para serem transportados. Especialmente os perecíveis, principalmente os que ficam na geladeira ou no freezer, devem ser consumidos o quanto antes. Não deixe de fora a despensa: consuma o que puder e jogue fora o que estiver vencido. Compras agora só na casa nova!

Use suas embalagens e malas

De toda forma você terá que levá-las na mudança, portanto aproveite e encha suas malas, bolsas e embalagens. Recipientes plásticos e sacolas também podem ser muito úteis para empacotar itens nesse processo. Só não se esqueça de fazer uma boa limpeza antes: podem estar cheios de poeira se estiverem guardados há muito tempo!

Proteja os objetos frágeis

Um dos grandes problemas de mudanças é a quebra de objetos frágeis durante o processo. Proteja-os o quanto puder! Use toalhas para forrar caixas e jornais para diminuir o impacto. Uma boa dica é escrever “frágil” nos compartimentos que abrigarem esse tipo de material.

Etiquete tudo que puder

Coloque etiquetas nas laterais das caixas. Assim, você sabe o que há dentro dali mesmo quando estiverem empilhadas. Utilizar cores e especificar aonde aqueles objetos pertencem pode facilitar muito também, especialmente na hora que for desempacotar e arrumar a casa nova!

Agindo dessa forma você pode tornar um processo complicado muito mais simples do que parecia. Mudanças são trabalhosas, mas é o que permite que você siga em frente e encontre novos ares. Siga nossas dicas e comece com o pé direito!

Para facilitar suas mudanças de transporte

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *