O sorriso de comercial de pasta dental pode ser mais fácil do que muita gente pensa. Para entender como funciona o clareamento dental, falamos com o cirurgião-dentista Fernando Buranello. O profissional dá dicas para que as pessoas melhorem o sorriso. Confira abaixo:

Café, açúcar, cigarro e alimentos ácidos são os principais inimigos dos dentes brancos. O clareamento dental é uma solução para esse problema. “O clareamento dental pode ser feito de duas formas – a primeira por meio de uma moldeira de silicone, onde se aplica um gel clareador diariamente, por aproximadamente 2-3 semanas (conhecido como clareamento caseiro). Outra forma seria o clareamento a laser, onde o processo é realizado inteiramente no consultório, em duas sessões com intervalo de uma semana entre elas”. – conta o cirurgião. Buranello explica também que se o paciente estiver usando os Alinhadores Estéticos invisíveis também é possível corrigir o posicionamento dos dentes e fazer o clareamento dental em goiania, os pacientes só percebem o sorriso melhorar.

“Os resultados do clareamento a laser ou caseiro são semelhantes (tom bem branco natural), apenas a forma com que são realizados é que são diferentes. Quando a busca é por um superbranco ou branco Hollywood (como costumamos chamar, este tom branco mais artificial) a associação de técnicas costuma ser empregada. Durante o processo, o paciente deve evitar alimentos escuros ou que possam manchar os dentes. Após o tratamento, o consumo desses alimentos é liberado”, afirma o dentista Fernando Buranello.

O clareamento dental também pode ser feito junto com a correção ortodôntica. Os alinhadores estéticos, plaquinhas transparentes que substituem os braquetes, oferecem um tratamento customizado que deixam mais eficiente a correção ortodôntica. Além disso, o processo de clareamento pode ser feito aplicando a pasta especial de clareamento sobre o aparelho, que raramente é notado.

Mais do que clarear os dentes, o tratamento traz a melhoria estética, o aumento da autoestima e confiança ao paciente”, aponta Fernando Buranello.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *